A cozinha que mistura tradição e contemporaniedade.

Passeando pelo Facebook, foi assim, meio sem esperar que nos saltou aos olhos uma cozinha que mistura de forma única itens tradicionais, com história e uma pitada de estilo contemporaneo.

O que mais nos chamou atenção foi o fato de ela apesar de estar inserida em uma ambiente tradicional, o projeto fugiu de óbvio de quebrar tudo e deixar tudo homogêneo e igual e manteve azulejos cheios de estilo, as molduras em madeira e o tão agradável “ar de casa” que se perdeu em tantos projetos atuais, e no final ,toda a mistura ficou simples mas bastante interessante.

Curiosos? vamos ás fotos!!!

Foi amor á primeira vista esta moldura na parede da cozinha e esses azulejos tão portugueses,

unidos aos móveis com uma cor delicada, com molduras retas nas portas mas ainda sem puxadores.

Os balcões em pedra branca dão um toque delicado de luz e valorizam as paredes,

que por sua vez podem chamar atenção pela estampa mas sem brigar com o mobiliário.

Um outro balcão de apoio  tão delicada quanto os demais preenche aquele cantinho

entre o dente da parede e a moldura de madeira que parecia não servir para nada.  

A linda bancada branca em L é repleta de portas e gavetões em todo o comprimento.

Duas portas dos armários superiores são em vidro e reforçam aquele “ar de casa” com as louças á vista.

A parede da pia e do refrigerador fica ao fundo e mais armários superiores preenchem toda a parede.

Este projeto vai além da beleza básica que estamos acostumados a ver e nos mostra que se você tem uma cozinha com azulejos estampados e quer móveis atuais é possível sim! Se você quer manter tradição mas ainda assim quer aquele toque de estilo atual, pode sim! 

Os responsáveis pelo projeto e execução desta cozinha apaixonante que foge da moda que todo mundo faz e ousa em fugir do óbvio é a empresa Revepan, um empresa portuguesa com 45 anos da cidade de Ermesinde – Portugal.

 

E então gostaram do post de hoje? em breve voltamos com mais ideias de design e novidades para vocês. 

Obrigada e até lá! 

(Visited 278 times, 1 visits today)